Festa da Uva

A Tradicional Festa da Uva acontece a cada dois anos em Caixas do Sul, cidade localizada na região Serrana do Rio Grande do Sul. Contando com diversos recursos naturais e culturas da região serrana, Caxias do Sul encanta seus visitantes pelo frio gostoso do inverno.

É um município que cresceu, progrediu, virou cidade grande, mas morre de saudade dos tempos da ocupação por imigrantes italianos.

Cidades próximas
Localizada a 136 km de Porto Alegre, Caxias é a mais rica cidade da Serra Gaúcha e a segunda mais importante do Rio Grande do Sul.
Caxias-do-Sul

 

A Festa da Uva teve sua primeira edição em 1930, sendo talvez um dos mais antigos eventos turísticos do país. Pela sua importância e duração, a Festa tem sido estudada em diferentes aspectos, inclusive sob o ponto de vista da comunicação. No que se refere à comunicação, o cartaz tem sido uma peça publicitária recorrente na área do turismo. Como recurso de divulgação de baixo custo, o cartaz acabou sendo empregado em grande escala, também na divulgação das Festas da Uva. Alves e Tonet incluem o cartaz como elemento importante, inclusive, no Memorial da Festa da Uva, ao lado de outros tipos de documentos como fotografias, relatórios e atas. Os cartazes também refletiram um recorte da época, permitindo várias leituras de imagens associadas ao contexto histórico. Em algumas oportunidades, a representação dos símbolos escolhidos para figurar no cartaz, acabaram refletindo contradições e gerando dificuldades da própria comunidade em se reconhecer nesses símbolos.

2016 (2)

 

2016 (3) Atrações

 

A história da uva na Serra Gaúcha começa em 1875, ano em que chegaram as primeiras levas de famílias imigrantes, vindas das províncias do Norte da Itália. As mudas de videiras trazidas pelos italianos logo começaram a cobrir os vales e encostas da região. Em poucas décadas a viticultura tornou-se a principal atividade econômica.

2015 Carro da Uva

 

No ano de 1920, eram cultivados na Região dos Vinhedos mais de 11 mil hectares de videiras, área que passou para 25 mil hectares em 1950 e chegou a quase 50 mil hectares na década de 70.

 

Muitas das suas tradições perpetuam desde o período colonial, quando chegaram a região com os imigrantes italianos. A Festa da Uva é uma delas, uma herança dos primeiros imigrantes da região serrana.

2016 4

 

Pelas ruas do município, que possui cerca de 370 mil habitantes, as marcas da colonização resistem à força da modernidade que edifica a infraestrutura urbana, misturando edifícios e indústrias a cantinas e vinícolas artesanais.

Caxias também se divide para contar a sua origem, orgulho de qualquer habitante. Rota dos tropeiros no século 18, a história começa mesmo com a chegada dos italianos em 1875, que iniciaram o cultivo da uva e a produção de vinho na encosta da Serra, hoje metrópole industrial.

lindas gauchas

 

As 24 edições da Festa da Uva de Caxias do Sul, realizadas de 1931 a 2002, acompanharam o desenvolvimento do município sede do evento. De município agrícola, Caxias do Sul industrializou-se e o evento não deixou de sentir esses reflexos. A uva, ligada à imagem da cidade e símbolo da Festa, cedia lugar aos produtos da indústria. Ato contínuo, a Feira Agroindustrial, promovida conjuntamente à Festa, assumiu maiores proporções e suplantaria o caráter festivo. Os slogans presentes nos cartazes reforçavam com evocações da maior das festas” e “feira internacional”.

Rainhas

 

Com o grande desenvolvimento do setor vinícola, surgiu a ideia de se realizar em Caxias do Sul uma exposição de uvas, de caráter festivo. E no dia 7 de março de 1931 se realizava a primeira Festa da Uva, com duração de apenas um dia, no centro da cidade. No ano seguinte, a festa foi ampliada, com a montagem de pavilhões de exposições na praça Dante Alighieri (centro da cidade).

Eis que em 1932 começa a surgir um modelo de Festa. É realizado o primeiro corso alegórico, que recebeu o nome de Cortejo Triunfal da Uva e foi considerado o ponto alto da Festa. Desfilaram pela Avenida Júlio de Castilhos 32 alegorias puxadas por juntas de bois. As carroças eram enfeitadas pelos próprios colonos com motivos ligados à uva, ao vinho e ao trabalho na terra. Copos de vinhos eram distribuídos ao público, que acompanhava os figurantes como se também fizessem parte do desfile.

festa da uva

 

A 31ª edição da Festa da Uva, cujo tema é Imagens e Horizontes, aconteceu do dia 18 de fevereiro e se estendendo até 6 de março. As Soberanas da edição são Rainha Rafaelle Galiotto Furlan e Princesas Patrícia Piccoli Zarosso e Laura Denardi Fritz. As imagens utilizadas no tema retratam representações de objetos e recordações, que lembram o passado e a força dos imigrantes.

 

O que fazer

 

A Festa tem grande popularidade na região, e também em todo o país, pois o vinho, feito a partir da uva, é uma das bebidas favoritas dos brasileiros, principalmente no inverno.

Entrada do Pavilhão

 

Pavilhão

 

Com comidas típicas de Caxias do Sul, muitas bebidas e vários derivados da uva, a Festa é um verdadeiro sucesso e bate recordes de público todos os anos seguidos. Há ainda muita dança, música e trajes típicos para os apaixonados pela cultura dos gaúchos.

 

Durante 15 dias, entre fevereiro e março, a cidade se transforma. A metrópole adere a sua metade colonial e provinciana para homenagear suas raízes.

A festa é preparada durante meses por uma comissão comunitária, que agrega voluntários de diferentes segmentos da sociedade. A comemoração se estende do parque de exposições para as ruas do município, onde acontecem os desfiles de carros alegóricos.

A síntese da festa é o corso, com a encenação de 2.000 atores sobre o tema principal do evento, a vitória do homem e da mulher sobre o meio-ambiente.

E, como não poderia ser diferente, a Festa da Uva é regada a um bom vinho, suco de uva e quitutes italianos.
Visitar as vinícolas é uma ótima opção, pois além de conhece o processo produtivo, é possível degustar e comprar os de sua preferência.

 

Vinícolas
Caxias faz parte da rota dos vinhos, que também passa por Bento Gonçalves e Garibaldi. Lá é possível conhecer de perto como os melhores vinhos do país são produzidos. Algumas vinícolas disponibilizam visitas monitoradas, onde é possível acompanhar a passo a passo como os produtos são feitos.
Aurora
Rua Olavo Bilac, 500, em Bento Gonçalves. Tel. 0800-7014555/54 3455-2000

 

Garibaldi
Avenida Rio Branco, 833, em Garibaldi. Fone:54 34364-8100

 

Miolo
Rua Vale dos Vinhedos. Fone: 54 2102-1500.

 

Peterlongo
Rua Manoel Peterlongo, 216, em Garibaldi. Fone: 54 3462-1355.
Angheben

54 3459-1261

 

Don Laurindo

54 3459-1600

 

Cave de Pedra

54 3459-1267

 

Para pernoitar, são muitos e diversificados os hotéis e pousadas, tanto em Caxias do Sul quanto nas cidades no entorno. Veja no mapa.

 

São, também, diversas as Empresas de Turismo que fazem pacotes incluindo visitas as vinícolas.

 

Autor: Levy

Compartilhe este artigo no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *